Matrioska

"Abra-te cada vez mais e cada vez mais vejo cada vez menos. 
Como uma boneca russa reversa o âmago cada vez mais ínfimo..."







Um comentário: